Darkwing Duck (NES)

domingo, 23 de junho de 2013 Postado por Tristan.ccm



Gênero: Plataforma


Fabricante: Capcom


Lançamento: 1992


Jogadores: 1 player






Eu sou o terror que voa na noite
Eu sou o fantasma emplumado que assombra seus pesadelos
Eu sou Darkwing Duck!

A galerinha mais nova certamente não vai se lembrar dessa clássica introdução que o atrapalhado herói Darkwing Duck fazia antes de entrar em ação. Afinal em 1992 muitos por aqui nem tinham nascido... Também, quem mandou o Tristan ser tão velho? Bom, mas quem vai a um Museum não pode querer ver novidades, logo vamos ao que interessa:

Darkwing Duck é um "spin-off" de Ducktales, que mostra as aventuras de Drake Mallard, um pato da cidade de Saint Canard que combate o crime ao melhor estilo Batman, ou seja, utilizando muitas bugigangas e habilidade (ou falta dela, no caso). Ele tem a ajuda de sua filha Gosalyn (ao contrário do pai é bem esperta e pensa antes de agir) e do piloto Capitão Bóing (aqui ele parece ter aprendido a aterrissar), vindo diretamente de Ducktales. No game, Darkwing tem a ajuda também de J. Gander Hooter, o líder de uma agência secreta chamada S.H.U.S.H. (sátira à famosa S.H.I.E.L.D. da Marvel) que lhe dá itens em fases de bônus.

O jogo é de plataforma e é da Capcom, logo pode esperar um design de fases primoroso, no nível dos Megaman de 8 bits. E por falar no robozinho, a jogabilidade é bem parecida com a dos primeiros jogos do Blue Bomber, onde Darkwing tem um controle perfeito enquanto pula e atira nos inimigos. Ele também troca de arma via Select, porém não pode carregar mais de uma arma extra (uma delas, uma flecha que gruda em paredes, lembra muito os desentupidores de Quackshot), além de oferecer escolha de fases. Só que Darkwing tem algumas habilidades que Megaman adoraria, como a de se agachar pra escapar de projéteis inimigos ou um gancho pra se pendurar em plataformas.

Outra coisa que Darkwing copiou de Megaman é a dificuldade. Eita joguinho difícil! Darkwing tem muito pouca vida, e levar uma porrada em alguns momentos pode te ferrar pelo resto da fase. Os chefes também são difíceis, mas são bem criativos e são os mesmos que aparecem no desenho, como Pato-Planta, Bico de Aço (sátira ao famoso Jaws da série 007) e Patoringa (adivinhem em quem ele foi inspirado?).

Entre tantos sucessos que a parceria entre Disney e Capcom gerou, Darkwing Duck acabou ficando meio que esquecido, ainda mais por ser inspirado numa série não tão famosa. Mas é um grande jogo de plataforma, ainda mais pra um cara que, como eu, adora Megaman. Mas o tempo lhe deu o respeito que ele merece, pois é um grande jogo e mais um exemplo de como tratar um console em fim de carreira.


NOTA FINAL: 9,0
DARKWING DUCK É UM DAQUELES JOGOS QUE ACABARAM PASSANDO DESPERCEBIDOS EM SUA ÉPOCA, MAS FOI REDIMIDO PELA EMULAÇÃO. UM DOS GRANDES JOGOS DA DESPEDIDA DO NES.
Plataforma:


Comente com o Facebook: